Regata francesa confirma 60 barcos rumo ao Brasil

21/10/2019 05:26

Com a chegada do barco suíço Bank of Léman a bacia de Paul Vatine, em Le Havre (França), a flotilha está pronta para a largada da prova em 27 de outubro.

A dupla Simon Koster e Valentin Gautier conseguiu arrumar um problema na antepara do veleiro Class40 na véspera da viagem à Normandia, mas já está pronta para as 4.350 milhas náuticas pelo Atlântico.

Os suíços fazem sua estreia na competição de vela oceânica e brigarão pelo título de sua categoria com outros 26 veleiros.

“É impossível estar na água um mês antes do início e dizer que somos os grandes favoritos”, disse Valentin Gautier. “Estamos em uma fase em que aprendemos sobre o barco toda vez que navegamos”.

O Bank of Léman é um modelo novo da Class40 feito pelo engenheiro naval Sam Manuard. A prova bateu recorde histórico de participantes com 60 embarcações profissionais na linha de largada.

As outras classes na disputa são IMOCA, com 30 veleiros, e Multi50, com três.

Veja a lista completa de participantes

Mudança para a IMOCA

Atual campeão da Class40, o francês Max Sorel fará campanha na Transat Jacques Vabre agora de IMOCA.

O velejador Max Sorel, skipper do VandB, tem um modelo novo (e com foils) para entrar na briga dos 60 pés.

A categoria colocou 30 veleiros em disputa e hoje pode ser apontada como uma das mais fortes de oceano do mundo, com participações em outras regatas como Ocean Race e Vendée Globe.

”A classe IMOCA tem os melhores velejadores do mundo e agora conta com vários barcos na linha de largada, uns novos com foils e outros da geração antiga. Será um grande duelo”, explicou Maxime Sorel.

”Os franceses amam velejar de oceano. É uma herança de Eric Tabarly! Por isso investem muito na vela”.

Saiba quais são os velejadores da IMOCA da Transat Jacques Vabre

A Transat Jacques Vabre é disputada em duplas e sempre para num país produtor do café, por isso é chamada também de Regata do Café.