Carolijn Brouwer recebe o prêmio Magnus Olsson

30/08/2019 18:42

A holandesa Carolijn Brouwer foi condecorada nesta quinta-feira (29) na Suécia com o prêmio Magnus Olsson, honraria concedida a atletas que fizeram história na vela.

A velejadora, que morou no Brasil por mais de uma década, foi campeã da Ocean Race 2017-18 com o Dongfeng Race Team, sendo a primeira mulher a vencer o evento de volta ao mundo.

O prêmio é dado pela Fundação Magnus Olsson, que preserva a memória do velejador sueco, morto em 2013.

“É uma honra ser condecorada com o prêmio e colocar meu nome ao lado de outras lendas vencedoras da The Ocean Race”, disse Carolijn Brouwer.

A holandesa é a primeira mulher a ganhar a honraria. Os outros foram o brasileiro Torben Grael, o inglês Ben Ainslie e o argentino Santiago Lange.

A atleta condecorada disputou três olimpíadas e fez três campanhas de Volvo Ocean Race.

Antes de vencer, a velejadora holandesa esteve na edição 2001-02 e na de 2014-15.

Nas três vezes que esteve no Brasil, Carolijn Brouwer fez questão de destacar ser meia brasileira meia holandesa. Sempre em bom português!

A campeã da The Ocean Race aprendeu a velejar em Niterói (SC) com a família Grael.

Carolijn Brouwer hoje treina para a Américas Cup 2021 com a equipe da Holanda. Ela será a timoneira.

Já a Volta ao Mundo de 2021-22 começará em outubro, em Alicante na Espanha.

Ainda não foi definida a parada brasileira do evento.

Autor: Flávio Perez

Flávio Perez é jornalista esportivo e gestor de esportes.

Compartilhe: