Martine Grael porta-bandeira no Pan de Lima 2019

23/07/2019 22:56

Campeã olímpica e mundial na vela, pela classe 49er FX, a velejadora Martine Grael será a porta-bandeira do Brasil na cerimônia de abertura dos Jogos Pan-Americanos de 2019, que será em Lima, no Peru.

A festa será nesta sexta-feira (26), no Estádio Nacional de Lima, capital do país sul-americano.

O COB, Comitê Olímpico Brasileiro, informou que a divulgação oficial do posto dado a Martine será realizada na quinta-feira (25), na Vila do Pan.

A velejadora será a primeira mulher da história do esporte brasileiro que levará a bandeira nacional em uma cerimônia de Jogos Pan-Americanos.

Foram 18 edições consecutivas com somente atletas do sexo masculino tendo esse posto.

Filha de Torben Grael, Martine nasceu em Niterói (RJ), e começou sua vida na vela aos quatro anos.

Um pouco depois disso, ela já conheceu, durante suas primeiras velejadas, sua atual parceira, Kahena Kunze, ao qual juntas realizaram grandes feitos.

Martine e Kunze foram campeãs mundiais em 2014, na Espanha, e medalha de Ouro nos Jogos Olímpicos do Rio, em 2016.

A conquista fez com que Torben e Martine se tornassem os únicos pai e filha campeões olímpicos na história do esporte brasileiro.

Como conquistas pessoais, Martine foi eleita a melhor velejadora do mundo, em 2014, pela Federação Internacional da Vela. Além disso, a atleta, também, participou, no ano passado, da edição da The Ocean Race, a regata de volta ao mundo.

Em Toronto 2015, o porta-bandeira foi o nadador Thiago Pereira, maior medalhista da história dos Jogos.