Regata RORC Caribbean 600 bate recordes; Equipe com brasileiros fica em 7º

24/02/2019 19:48

A 11ª edição do RORC Caribbean 600 atraiu 76 equipes de 21 países, incluindo Brasil e Angola com o Mussulo 40 Team Angola Cables.

A flotilha foi desafiada pelas condições difíceis de vento entre as 11 ilhas do Caribe. A prova contou com 600 milhas ao todo.

A tradicional regata contou com as classes IRC, Class40, Multicascos e Superyachts.

Os brasileiros do Mussulo 40 Team Angola Cables correram na class40 e terminaram em sétimo.

A equipe foi comandada pelo angolano residente no Brasil José Guilherme Caldas.

O barco tinha ainda Leonardo Chicourel, António Nunes, Rafael Martins e Alberto Vita.

O Team Musullo 40 Angola Cables chegou mais de 9 horas depois do vencedor, o Eärendil.

A categoria dos 40 pés contou com 10 veleiros na disputa pelas ilhas caribenhas

”Nós fizemos o melhor possível para preparar o barco. Tivemos um bom desempenho nos primeiros dias, primeiras pernas, mas tivemos problemas genoa (tipo de vela), o que atrapalhou no contra-vento”.

”Ou seja, perdemos tempo. Foi uma regata dura, porém muito agradável”, disse José Guilherme.

”Foi uma regata com ventos muito fortes, na maior parte de 20 a 25 nós, com muitas variações. Só tínhamos uma pequena buja para ter um melhor desempenho”.

”Foi muito interessante para treinar para a Cape2Rio 2020, que será no início do ano”, completou o angolano, que fez a Transat Jacques Vabre 2017 com Leo Chicourel.

Organizador aprovou

”Todas as classes tiveram uma competição incrível e muitas terminaram a prova com apenas alguns minutos de diferença, especialmente na batalha entre Maserati e Argo e os Class40”, comentou Eddie Warden Owen, CEO da RORC.

“Havia muitos barcos e atletas novos nesta edição e a qualidade da flotilha e dos velejadores continua impressionando a cada ano”..

O Maserati Multi 70, comandado por Giovanni Soldini (ITA), cruzou a linha de chegada do RORC Caribbean 600 em um tempo de 1 dia, 06 horas e 49 minutos, levando o prêmio Multihull Line e estabelecendo um novo recorde dos multicascos. A equipe não venceu no corrigido.  

O MOD70 Argo (EUA), de Jason Carroll, também bateu o recorde anterior, mas terminou a prova apenas sete minutos atrás do Maserati.

“Tivemos uma corrida maravilhosa, com muito vento, mas muito rápida, com boas manobras de ambas as equipes”, comentou Giovanni Soldini.

Saiba todos os vencedores aqui

Autor: Flávio Perez

Flávio Perez é jornalista esportivo e gestor de esportes.

Compartilhe: