A Rota do rum

29/10/2018 19:01

Fala, pessoal

Hoje escrevo sobre uma das mais famosas regatas do mundo, a Route du Rhum-Destination Guadeloupe, em português Rota do Rum.

Era uma travessia em solitário predominantemente francesa – mesmo que a primeira prova tenha sido vencida por um canadense.

Em 2018 a regata terá uma cara nova, mais internacional, comercial e visual.

Entre os 123 velejadores que largam da francesa St Malo para a décima primeira edição em  4 de novembro, 23 não são franceses.

Isso representam cerca de 20% da flotilha, que está espalhada por EUA, Austrália, Bélgica, Grã-Bretanha, Finlândia, Alemanha. , Itália, Suécia, Suíça e Japão.

Alguns estiveram em Itajaí quando a cidade sediou a Transat Jacques Vabre por duas vezes e a Volvo Ocean Race por três!

Destaque para os britânicos Alex Thomson, vice-campeão da última Vendée Globe, e Sam Davies, a comandante do Team SCA na Volvo Ocean Race de 2014-15.

A Rota do Rum tem ao todo 3.542 milhas náuticas. As categorias Classe 40 e IMOCA estão no start list.

É uma prova de oceano e tem duração um pouco menor do que a Transat Jacques Vabre, por exemplo.

Também tem o barco Narcos: Mexico, com o apoio da Netflix, que já ganhou capas de jornais lá de fora.

Veja aí!