Bom dia, Martine!

05/04/2018 05:03

O team AkzoNobel, da brasileira Martine Grael, concluiu a sétima etapa da Volvo Ocean Race 2017-18 na madrugada desta quinta-feira (5), mais precisamente 1h38 (Horário de Brasília), em Itajaí (SC).

A equipe fechou a prova na terceira colocação, atrás apenas de Team Brunel e Dongfeng Race Team. O barco fez o percurso de 7.600 milhas náuticas – 14 mil quilômetros – em 18 dias, 3 horas e 38 minutos. O barco saiu de Auckland, na Nova Zelândia, em 18 de março.

”Essa etapa foi muito difícil fisicamente, muito frio, a gente passou por condições de mares muito grandes e muito vento por muito tempo. Com certeza levou as pessoas à exaustão. Essas condições levaram à quebra de outros barcos”, disse Martine Grael.

A atleta, bastante emocionada, foi recebida pelos pais Torben Grael e Andrea Grael. Martine é a única brasileira a disputar uma edição da regata de Volta ao Mundo.

Nas últimas três etapas o AkzoNobel subiu ao pódio – incluindo uma vitória – e conseguiu entrar na briga pelo título do campeonato. Agora, o time está em quarto lugar no geral com 33 pontos. O líder é o Dongfeng Race Team com 46 pontos.

Não apenas o frio e o vento foram difíceis de lidar. A brasileira teve uma lesão cóccix durante a navegação. ”Eu me lesionei um pouco, uns cinco dias antes de passar pelo Cabo Horn e pra mim foi muito difícil, porque para fazer tudo doía muito. Eu sentia dor o tempo inteiro. Mas não tem espaço para moleza nesse barco. Pra mim como brasileira o frio foi muito difícil, a minha mão ficava muito congelada. O pé eu estou até agora sem sentir um dos dedos”.