Home Notícias Política Rejeitado projeto que impede vereador de virar secretário

Rejeitado projeto que impede vereador de virar secretário

Sob a suspeita de ser uma proposta com intenção de prejudicar o próximo governo, os vereadores de Camboriú rejeitaram o projeto que impedia parlamentares de assumir algum cargo de confiança na prefeitura. A decisão, em segunda votação, foi tomada na sessão de ontem à noite.
Como se tratava de um projeto que muda a lei Orgânica do Município, seria preciso pelo menos 10 votos dos 15 parlamentares para a aprovação da proposta. Mas apenas nove vereadores votaram a favor. Na primeira votação, no mês passado, o projeto tinha passado. A proposta é de autoria dos vereadores.
Três vereadores mudaram de posição desde a última votação. Ângelo César Gervásio (PMDB) e Jane Stefenn (Rede), que eram a favor, ontem foram contra. Josenildo Rosa, o Guigo (PSDB), que era contra, ficou a favor.
As críticas de quem era a favor e agora torceu o nariz são de que a intenção não é nada altruísta. “Que ninguém se engane, a atual prefeita está fazendo isso para prejudicar o futuro governo. Ela articulou muito bem, embora seja um projeto que a população quer”, acusou.
Para Jane Stefenn, quem deve fazer o debate são os próximos vereadores. “Nada impede que esta proposta retorne no próximo ano, para ser votada pela nova legislatura”, diz.
O argumento de quem defendia o projeto era de que a ideia é uma reivindicação da comunidade. “O que estamos dizendo é que o vereador que foi eleito deve representar as pessoas que votaram nele e permanecer na Câmara. Caso ele assuma um cargo no Executivo, não poderá mais retornar para a Casa”, argumentou Alexsander Alves Ribeiro, o Canídia (PTB).
Com o resultado de ontem, o projeto será arquivado.

Veja como foi a votação
Contra:
– Márcio Aquiles Pereira, o Márcio Kido
– Antônio Paulo da Silva Neto, o Piteco
– Eliomar Getúlio Pereira, o Má da Madeireira
– Josué Pereira
– Ângelo César Gervásio (mudou de opinião)
– Jane Stefenn (mudou de opinião)
A favor:
– Alexsander Alves Ribeiro, o Canídia
– Antônio Portella Ribeiro – Toninho Portella
– Eduardo Mello Rebello, o Dado
– Fátima Gervásio
– Jackson Rosa , o Jackinho
– José Pedro da Costa, o Zé Pedro
– José Simas, o Zeca Simas
– Márcio Regina Oliveira Freitag
– Josenildo Rosa, o Guigo

Compartilhe: