Home Notícias Política Décio Lima e Carlos Humberto 
visitam a redação do DIARINHO

Décio Lima e Carlos Humberto 
visitam a redação do DIARINHO

Deputado catarinense e vice-prefeito de Balneário Camboriú conversaram sobre política e administração pública

O DIARINHO recebeu duas visitas ilustres ontem. O deputado federal Décio Lima (PT), de Itajaí, e o empresário Carlos Humberto Metzner Silva, vice-prefeito de Balneário Camboriú. Eles vieram bater um papo com os editores e falar de projetos políticos.
Carlos Humberto, que é estreante na política, contou que ainda está se adaptando ao jeito de administrar a coisa pública. “Na iniciativa privada a gente cuida do que é nosso e pode arriscar mais. Numa prefeitura a gente cuida do que é dos outros e aí a responsabilidade é bem maior”, compara.
Para Carlos Humberto, o trato com a coisa pública é muito lento. “Muito do alto custo está na lentidão, na morosidade, na burocracia”, avalia. Por isso, acredita, é preciso mudar a legislação para que os gestores possam aplicar mais eficiência na administração pública.
Para o vice-prefeito de Balneário Camboriú, a atual administração de BC está acertando e muito em conter as ocupações irregulares, um dos grandes problemas da cidade. “Mas vai chegar um determinado momento que vamos partir para extinguí-las, ou por uma regularização fundiária ou por reintegração de posse”, avisa.
O hospital Ruth Cardoso também foi tema da conversa. Carlos Humberto diz que o prefeito Fabrício Oliveira (PSB) está repactuando com o governo do estado e com as prefeituras da região os convênios com o hospital e, logo, deverá vir mais verba para tocar a unidade que, ressalta, faz um atendimento regional.
Atualmente, conta, o Ruth Cardoso tem um custo mensal de R$ 4 milhões e o SUS arca com somente R$ 1 milhão desse total. “Somente 40% das pessoas que a gente atende reside em Balneário Camboriú”, comenta.
Presidente do Partido da República em Balneário Camboriú, Carlos Humberto garante que ainda não tem definição de quem serão os candidatos da sigla na próxima eleição. “É muito cedo para isso”, avalia. Para ele, o foco agora é contribuir com a administração de Fabrício de Oliveira.

Agora é a hora da resistência, afirma deputado
Décio Lima também visitou o DIARINHO. Morando definitivamente em Itajaí, Décio agora é o líder da oposição no Congresso Nacional, que tem além do PT, o PDT, o PCdoB e a Rede como bloco. “Estamos num processo de resistência, de esforço para aglutinar forças e obter musculatura para construir um projeto que possa novamente ser o depositário da esperança do povo brasileiro”, soltou.
Para Décio, o importante agora é conter as propostas do governo Temer que estão tirando direitos dos trabalhadores. “O alvo de quem está no poder é destruir o legado de (Getúlio) Vargas que deixou conquistas para os trabalhadores, como a CLT e a aposentadoria, e também o legado de Lula, que quintuplicou a economia do país e tirou o Brasil do mapa da fome”, dispara.
Por isso, segundo ele, é preciso não apenas as atuações no Congresso Nacional, mas também mobilizações de massa. Somente assim, acredita, será possível conter a reforma da Previdência, que o governo tenta aprovar ainda este ano. “Temos que resistir. A pauta da Reforma da Previdência é uma pauta de subdesenvolvimento para o país”, alerta.
Décio ainda lembrou das conquistas do governo do PT, em especial na produção de energia. “Saímos de 13º produtor de petróleo do mundo e hoje somos o quinto com o pré-sal”, cita, completando: “E a primeira coisa que esse governo golpista fez foi entregar o pré-sal para os americanos”.
Décio não falou em candidaturas. Mas admitiu para o governo estadual uma frente partidária que teria, entre outros, o PDT e o PCdoB. “Hoje, juntos, já somos o fiel da balança em 20189. Por isso, a ideia é uma frente ampla”, analisou.

Compartilhe: